sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

DM.

Nem sei , nem sei porque é que tenho certas atitudes contigo. Acabo por me arrepender sempre , de facto. Sim, tenho a maneira mais diferente do mundo de te mostrar que te amo , mas acredita , é verdade! Ocupas um lugar enorme no meu coração , por tudo , por estares lá todos os dias , por saberes quando estou bem e quando não estou , por aturares as minhas crises , por teres a maior paciência do mundo. Sim , é verdade , não é fácil lidar comigo , tenho um feitio impossível , eu própria o admito. É impressionante como estamos tão bem e no minuto a seguir já estamos a discutir. Porque tens um significado impossível de entender , porque mesmo com as palavras duras me fazes sentir bem. Porque me dizes as coisas certas no momento certo , e sou-te sincera , sabe tão bem. Porque és o único que quando te trato mal me mandas um “amo-te” assim do nada. Porque ninguém nos percebe. Porque tem dias que nem eu sei o que vai cá dentro, porque me abres os olhos todos os dias. Porque me tiras realmente do sério e no mesmo momento me fazes rir. Gosto da maneira de como me fazes sentir bem , e da confiança que me dás. Gosto da maneira como os dois fortalece-mos a nossa amizade. Tenho saudades do verão , e tuas também. Porque és parvo e porque te amo de coração , caso ainda não tenhas percebido , defeciente.

3 comentários: